Concours Mondial de Bruxelles 2012 em Guimarães











ViniPortugal, vai promover os Vinhos Portugueses no Concours Mondial de Bruxelles 2012, um dos mais prestigiados concursos a nível mundial. Criado em 1994, o Concours Mondial de Bruxelles é actualmente um dos concursos internacionais com maior notoriedade a nível mundial. Em 2006, a competição passou a realizar-se noutros países, tendo já passado por Lisboa. Envolve, no total, a participação de 350 profissionais do mundo do vinho, reunindo no seu júri jornalistas, críticos de vinho, importadores, compradores, sommeliers, produtores e enólogos e representando 40 nacionalidades.

Isso sucederá com acções paralelas de apresentação da diversidade do vinho português e das melhores produções de cada região. Esta acção de promoção, que tem como base a marca 'umbrella' "Vinhos de Portugal/Wines of Portugal" - que a ViniPortugal tem como missão promover e valorizar, tal como o crescimento sustentado do volume, valor e diversidade dos vinhos portugueses -, irá decorrer em duas acções distintas, a 4 e 6 de Maio próximos, respectivamente, em Guimarães (Capital Europeia da Cultura), contando com a presença do CBM 2012 em Portugal para o efeito.

Os vinhos apresentados, 85 escolhas das principais regiões demarcadas de Portugal, irão ser incluídos numa iniciativa que incluirá um seminário para jornalistas internacionais do certame, no dia 2 de Maio, na Pousada de Santa Marinha, e uma prova no dia seguinte, destinada a 315 provadores do CBM 2012, desta feita no Paço dos Duques de Bragança. O seminário será apresentado pelo jornalista e crítico de vinhos João Afonso, contando com a participação de 50 jornalistas de nacionalidades, envolvendo oito vinhos portugueses de gama premium e superpremium, de diferentes regiões lusas. No final, haverá um jantar convívio, onde serão servidos e harmonizados os vinhos apresentados na formação anterior.

Na prova de vinhos, destinada aos 315 provadores do concurso, serão disponibilizados 75 vinhos de 15 produtores diferentes para degustação, representando 11 regiões distintas, sob o tema "A World of Difference", o que contribuirá para destacar, de forma integrada e profunda, critérios de selecção relacionados com a produção a partir de castas autóctones, a representatividade da região de origem e a presença dos vinhos portugueses no mercado internacional.