Concours Mondial de Bruxelles 2012 premeia Herdade das Servas


























A Herdade das Servas – projecto da família Serrano Mira, viu reconhecido o seu esforço de ampliação da qualidade dos vinhos da casa, com a atribuição da medalha de ouro no 19º Concours Mondial de Bruxelles 2012, que decorreu em Guimarães entre os dias 4 e 6 de Maio. Os vinhos premiados foram o ‘Herdade das Servas Touriga Nacional tinto 2008’ e o ‘Monte das Servas Colheita Seleccionada tinto 2009'.

O primeiro, é um topo de gama, tem um p.v.p. recomendado de €15, e assenta a sua prestação numa cor violeta escuro, em aromas florais, frutos pretos bem maduros, e sabor intenso, macio, com taninos robustos. O segundo, uma escolha com p.v.p. recomendado mais acessível, a rondar os €7,67, é um vinho de gama média, com uma cor rubi escura, aromas profundos, e resulta da combinação de quatro castas: Touriga Nacional (40%), Alicante Bouschet (25%), Aragonez (20%) e Trincadeira (15%).












O painel de provadores internacionais que analisou os vinhos disponíveis, foi constituído por membros de 48 países, o que só credibiliza a notação. Carlos e Luís Serrano Mira, manifestaram a sua satisfação com a distinção. “O facto do Concurso Mundial de Bruxelas ser um dos maiores concursos de vinho do mundo e de ter por objectivo distinguir vinhos de qualidade e ajudar consumidores e profissionais na tarefa de escolher um vinho entre as milhares de referências existentes no mercado faz com que estejamos orgulhosos. Toda a equipa da Herdade das Servas e os nossos vinhos estão de parabéns."