"Vita fermata in un istante mobile"




A fotografia, uma 'face' do monumento 'escultórico'. "Se a escultura transporta consigo a gravidade e a solenidade do monumento, a fotografia, ao invés, procura captar uma face, um aspecto da sua contida presença e memória. Por isso, o volume e a luminosidade coincidem numa coisa: a vida, as formas, o plano da sensação e da memória irrompem a cada instante, imagem a imagem, atribuindo às próprias coisas a mobilidade do olhar que só a luz permite captar e pensar" -- excerto retirado do texto de apresentação, da autoria de Vítor da Silva. Exposição de Teixeira Barbosa, no Espaço Ilimitado - Núcleo de Difusão Cultural, Rua de Cedofeita, 187 - 1º, 4050-179 Porto [tel. (+351) 91 3812544], de 2 de Março a 6 de Abril 2007. [Ruben P. Ferreira]

0 comentários:

 

Quantcast