9 11


"Como um papel, não rasgues este dia,
pois só de ti cortado cortarás
a meta escura onde só vale inteiro
o que é perfeito e um. E contraria
o vão afã de destruir atrás
o que à frente prossegue, verdadeiro
por inegado e seco. Tens cumprida
a morte sã de não rasgar a vida."
["Como um papel", de © Pedro Tamen]

0 comentários:

 

Quantcast