Agora

Por outro lado, há pessoas que não se esquecem de nós. Tratam-nos por ‘meu menino’, ‘filhinho’, evocando a felicidade que sentimos ao falarmos com eles. Têm boa memória. São os verdadeiros amigos, que nos ajudam a perceber a razão de tudo valer a pena.
© Ruben P. Ferreira

 

Quantcast