Uma história por dia 41

«Se ainda aqui estivesses
Pegava em ti
Abanava-te pelos joelhos
Soprava-te ar quente nos ouvidos

Tu, que me escrevias como uma pantera
Que mal entrou nas tuas veias
Que sangue verde
Te afogou nessa inapelável condenação

Se ainda aqui estivesses
Arrancava-te o teu medo
Deixavo-to dependurado
Em longas serpentinas
Retalhos de pavor

Virava o teu rosto
Para o vento
Encostava as tuas costas contra os meus joelhos
Beijava e trincava a tua nuca
Até que abrisses a tua boca para esta vida.

31/1/80
Homestead Valley, Ca».

[«Crónicas Americanas», ©Sam Shepard, Difel, pag. 101]

[Ruben P. Ferreira]

 

Quantcast