eternis


O mar és tu, que ousas arrumar-nos num pedaço de vida que nos segura, o mar é a capacidade de percebermos na extensão demorada das ondas que o ritmo incerto da sua movimentação pode servir-nos de cobertor, de amplitude resgatada ao sincero rebater da água nas rochas, ou ao silencioso e demorado chapinhar nas partículas de areia.
© Ruben P. Ferreira

 

Quantcast