Esticar as pernas no sofá




««A maior parte dos talentosos humoristas que decidimos incluir [nesta antologia] ainda estão vivos, ou perto disso. Alguns são ainda jovens.» A tonalidade da segunda colectânea de artigos humorísticos da ‘bíblia’ (revista) que qualquer homem (ou mulher) civilizado (a) deveria ter à cabeceira é, em jeito comemorativo, um volume de 500 páginas. E comemora o quê? Nada. Depois de «Fierce Pajamas», limita-se a reunir outra sumptuosa colecção de textos de diferentes épocas, géneros, espectros e autores, que se foram ‘justapondo, deixando um legado’, apesar dos divórcios, das bebedeiras e da inconsciência. A dar espaço a todos para libertarem as suas frustrações, como David Owen em, «8 Simple Rules for Dating my ex-Wife»; e Carina Chocano, em «How to Lay Off Your Kids». Apêndice: para quem não sabe (‘shame on you’), a The New Yorker é editada semanalmente, e a temática do magazine pode versar entre uma análise rigorosa à capacidade das abelhas-mestras quanto a encherem vasilhame de 1,5L, ou sobre a Máfia e a Cosa Nostra, segundo Woody Allen, palavras que poderão significar, ‘a minha roupa interior’, ‘a nossa roupa interior’ – do texto, «A Look at Organized Crime».
Título: Disquiet, Please – More Humor Writing from The New Yorker
Autor: Vários
Editora: Random House, NY
Preço: €21,50
Classificação: 5 estrelas

Prós: Tudo, até a capa
Contras: Nenhum»

[texto publicado no nº 75 (Maio de 2009) da Revista Os Meus Livros]

 

Quantcast