Populismo de província


[ilustração da capa desenhada num IPhone, por Jorge Colombo]

Ao nível a que isto chegou. Ora bem, parece hiper-realismo (como o da capa), e outros «ismos» ainda cabem aqui. Um pouco de oportun(ismo), que daria uma boa base para uma tese de mestrado intitulada, «Como tentar fazer dos outros parvos sem que eles percebam -- demonstração da transcendência do estigma proto-específico em oposição às minudências do ignaro». É pena que a necessidade de fazer pela vida se interponha na crendice alheia. Digamos que quando isso sucede, 'o caldo entorna-se'. E se a 'cabeça fica a prémio', o melhor é arrefecer os ânimos com um copinho de água Perrier, bem fresquinho. Garçon...

 

Quantcast