A Ler, finalmente

É muito bom que a Ler seja uma 'revista como deve ser'. Acho o mesmo, Eduardo. E continuo a pensar que a provocação é um dos melhores modus operandi cá do burgo.

 

Quantcast