Cheescake de queijo de cabra doce, com amoras, iogurte gelado de maracujá e hortelã, pêras caramelizadas e molho de frutos silvestres








Para o cheescake

225 g de Farinha sem fermento
40 g de Açúcar
2 Gemas
125 g de Manteiga sem sal fria

Recheio (cheescake)

250 g de Queijo de cabra mole
125 g de Açúcar
250 g de Queijo creme natural
Raspa de ½ Laranja
½ colher de chá de Essência de baunilha
2 Ovos separados
2 colheres de sopa de Natas frescas
Açúcar em pó
2 colheres de sopa de Amêndoas laminadas
Sal (uma pitada)

Para fazer a massa, coloque a farinha e o açúcar em pó num robot, batedeira ou 1,2,3. Bata durante alguns segundos até ficar misturado. Adicione a manteiga e bata até obter a consistência de migalhas finas.
Adicione as gemas de ovo e bata até formar uma bola.
Embrulhe a massa em papel aderente e guarde no frigorífico durante 30 minutos ou até dois dias no máximo.
Estique a massa numa superfície de trabalho polvilhada com farinha. Unte uma forma de tarte com manteiga. Forre a forma com a massa e guarde no frigorífico durante 30 minutos. Aqueça o forno a 180º C.
Cubra a massa com papel vegetal e encha com pesos próprios ou feijão seco. Leve ao forno durante 10 minutos. Retire o papel e os pesos e deixe cozinhar durante mais cinco minutos. Deixe o forno ligado e retire a tarte.
Numa tigela bata as claras com 25 g de açúcar até ficarem firmes.
Misture delicadamente os queijos, com o açúcar (100 g), a raspa de laranja e a baunilha. Bata até obter uma mistura cremosa. Adicione as gemas uma de cada vez, junte as natas e misture. Adicione depois as claras sem bater e uma pitada de sal. Deite o preparado para dentro da tarte, polvilhe com as amêndoas. Baixe a temperatura do forno para 160ºC. Leve ao forno por 20 minutos ou até ficar dourado. Deixe arrefecer na forma. Polvilhe com açúcar em pó.
Calda de frutos vermelhos com amoras

Coloque os frutos vermelhos e o açúcar num tacho pequeno. Deixe ferver em banho-maria, até que o açúcar se dissolva. Amasse um pouco as frutas com um garfo para a calda ficar mais espessa. Deixe arrefecer e coloque no frigorífico durante seis horas antes de servir, colocando as amoras neste molho.

Iogurte gelado de maracujá e hortelã

3/4 chávena (chá) de Sumo concentrado de maracujá
1 colher (chá) de gelatina em pó sem sabor
1 chávena (chá) de açúcar
2 Claras
2 Copos de iogurte natural (400 g)
1 colher (sopa) de sumo de hortelã


Hidrate uma colher (chá) de gelatina em pó sem sabor num 1/4 de chávena (chá) de sumo concentrado de maracujá e aqueça em banho-maria, até que a gelatina se dissolva. Reserve. Numa panela, coloque 1 chávena (chá) de açúcar e 2/4 de uma chávena (chá) de sumo.
Leve ao lume e cozinhe até a calda ficar em ponto de fio. Ao colocar um pouco da calda, entre o polegar e o indicador, forma-se um fio fino e firme ao separar os dedos. Bata duas claras em castelo e junte a calda quente, mexendo sem parar.
Acrescente a gelatina reservada e continua a bater durante oito a 10 minutos, até formar um suspiro firme. Misture delicadamente dois copos de iogurte (400 g) e 1 colher (sopa) de sumo de hortelã. Ponha numa tigela e leve ao congelador até ficar firme (cerca de duas h), sem endurecer demais.

Pêras caramelizadas
3 Pêras descascadas e cortadas ao meio
150 g de Açúcar
3 Cravos
1 colher (chá) de Canela em pó
2 chávena (chá) de Água
1 colher (sopa) de Maisena rasa
1 colher (sopa) Manteiga

Misturar o açúcar, a maisena, o cravo, a canela e a água numa panela. Cozinhar até o ponto de calda media. Colocar as pêras e a manteiga e cozinhar durante 20 minutos, até que elas estejam macias e (ainda) inteiras.
Para empratar o cheescake

Uma fatia de cheescake, ladeada pelo iogurte gelado de um lado e as pêras caramelizadas de outro, com um espaço útil entre cada um. Derramar um pouco do molho de frutos silvestres (e amoras) e servir bem gelado.
Nota: o iogurte gelado de maracujá e hortelã pode ser substituído por iogurte gelado de limão.

 

Quantcast