Pasta de tomate e parmesão












Para 6 pessoas

1 Prato cheio de Tomate maduro
1 copo cheio de Polpa de tomate
1 colher de chá de Açúcar
3 Alhos
Pimenta preta a gosto
Coentros e salsa a gosto
½ colher de Sal
Azeite e Azeite extra-virgem a gosto
2 Courgettes fatiadas ao longo
500 g de Cogumelos portobello
2 cebolas pequena, bem picadas
1 kg de Pasta (massa)
Parmesão ralado

Começar por refogar uma cebola em azeite, em lume alto. Depois, misturar os tomates partidos, sem pele, com sementes, com a polpa, no refogado. Deixar cozer durante 20 minutos em lume brando, defazendo o tomate ‘à mão’.
Refogar a outra cebola em lume médio-alto. Acrescentar as courgettes e os cogumelos, até que estes últimos fiquem tenros (cinco minutos), reduzir ½ copo de vinho branco até evaporar o álcool, finalizando com uma parte das ervas aromáticas (salsa e coentros). Deitar os vegetais no molho de tomate, e tapar o tacho.
Entretanto, já começou a cozer a massa (canudos ou esparguete). Depois de pronta, al dente, ligeiramente tenra, despejar uma parte da água e reservar a restante, para acrescentar aos poucos, quando verter a massa sobre o molho de tomate. Acrescentar um pouco de azeite extra virgem e colocar a massa no molho de tomate (ou o oposto). Corrigir o sal nesta altura, tapando o tacho, mexendo o conteúdo por agitação, sem colher. Acrescentar o açúcar para reduzir a acidez. Temperar com pimenta e ervas aromáticas.
Ao empratar, ralar umas boas lascas de parmesão e decorar com coentros. Servir imediatamente porque a pasta arrefece muito depressa. Também é muito má de um dia para o outro, o que pressupõe a feitura de doses certas.
Nota: pode substituir os coentros e a salsa por manjericão. Nunca misture os três, isso seria imprudente e desadequado.  

 

Quantcast